Calheiros é condenado à perda do mandato e dos direitos políticos
21/11/2017 - 6h37 em Política

Calheiros é condenado à perda do mandato e dos direitos políticos

 

A Justiça do Distrito Federal condenou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) a perder o mandato e ainda suspender seus direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa, motivada por enriquecimento ilícito e recebimento de vantagem patrimonial indevida. A sentença foi dada pelo juiz Waldemar Carvalho, da 14ª Vara Federal.


O processo é relacionado ao caso do pagamento de pensão a um filho que Renan Calheiros teve em relação extraconjugal.Renan foi condenado por enriquecimento ilícito e vantagem patrimonial indevida. A defesa do senador pode apelar ao próprio juiz da 14ª Vara Federal do DF ou ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, sem riscos de Renan precisar deixar o cargo durante o trâmite.

Por meio de nota, Renan Calheiros afirma não ter conhecimento da decisão, que está sob segredo de Justiça, mas que, se for confirmada, vai recorrer com “serenidade”.

Além de oito inquéritos, em que é investigado na Lava Jato, Renan ainda responde a outros três inquéritos no STF, sendo um da Operação Zelotes – que apura um esquema de compra de sentenças no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) –, um sobre fraudes na construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, e outro sobre movimentação financeira suspeita.

Fonte:Plantão Itabuna

COMENTÁRIOS